16/02/2023

Franquias baratas de alimentação: 33 melhores para 2019

As franquias de alimentação são as mais cobiçadas do franchising brasileiro, inclusive por aqueles que buscam negócios de baixo investimento. Se esse é o seu caso, boa notícia: é possível encontrar uma boa variedade de franquias baratas de alimentação.

Nesta matéria você vai conhecer um pouco mais do mercado de alimentação, além de descobrir quais são as principais tendências para o setor em 2019 e conferir opções de franquias baratas de alimentação para investir com até 100 mil reais. Boa leitura!

O segmento de franquias de alimentação já é consolidado no mercado brasileiro e, ano após ano, se destaca com o maior faturamento do franchising. Em 2018 não foi diferente: de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), as redes do segmento faturaram mais de 45,8 bilhões de reais no ano passado.

O sucesso do setor chama a atenção dos investidores. Um estudo feito pelo Guia Franquias de Sucesso apurou que as franquias de alimentação estão no topo do interesse entre pessoas que buscam por franquias baratas. Mais de 60% dos interessados em modelos de baixo investimento têm as franquias de comidas como uma de suas preferências.

Na hora de localizar franquias baratas de alimentação, entretanto, a busca pode ser um desafio: nesse setor, é comum que os modelos de franquias tenham custos mais elevados.

“Os negócios de alimentação, normalmente demandam do empresário a montagem de uma loja, restaurante, bar, lanchonete ou mesmo quiosque e carrocinha”, pondera o economista e consultor de empresas Sergio Dias. O investimento na instalação da franquia, nesse caso, costuma ser mais alto por conta dos equipamentos da cozinha, adequação do ponto comercial conforme as normas da Anvisa e montagem de um salão com mesas e cadeiras para recepção dos clientes.

Apesar disso, é possível encontrar boas opções de franquias baratas de alimentação no mercado – especialmente aquelas que adotam modelos mais enxutos. Nesse sentido, os investidores podem encontrar quiosques, franquias móveis, franquias delivery e lojas compactas.

Por dentro das tendências

Para Rafaela Natal, especialista em Food Service da AGR Consultores, o consumo de alimentos saudáveis deve continuar em alta.

“Itens considerados mais saudáveis, como chá gelado e outras bebidas geladas mais saudáveis do que os refrigerantes ganham espaço. Seguindo a tendência mundial por uma rotina mais saudável, o brasileiro está mudando seus hábitos alimentares dentro de casa. De acordo com dados levantados pela Kantar Worldpanel, 27% dos lares declaram ter feito mudanças na alimentação, aumentando o consumo sucos naturais e diminuindo o consumo de refrigerante, por exemplo”, aponta Rafaela.

Dentro do nicho de franquias de alimentação saudável é possível encontrar redes especializadas em sucos, saladas, açaí e produtos naturais e orgânicos. Além disso, há franquias que trabalham com cardápios focados em alimentos saudáveis, com opções de sanduíches, grelhados, omeletes, wraps, sobremesas, entre outros pratos.

Rafaela indica ainda o modelo “grab & go” como uma tendência que vem se destacando no mercado de alimentação.

“O sistema de oferecimento de refeições prontas, embaladas e dispostas em um ambiente onde o cliente possa simplesmente pegar o que quer, pagar e sair vem ganhando força em nosso país, acompanhando a crescente demanda por comidas e bebidas frescas e que sejam fáceis de consumir, seja para levar para casa, consumir no próprio local, no carro, no trabalho ou até mesmo caminhando”, explica a especialista.

O delivery também é uma tendência que continua em alta. Para que tenha ideia, o iFood, plataforma líder em delivery na América Latina, registrou mais de 10 milhões de pedidos em 2018. Uma pesquisa feita pela Similarweb apurou que o iFood cresceu 109% em outubro de 2018, comparando com os resultados de outubro de 2017.

A pesquisa aponta ainda para o crescimento dos parceiros da plataforma. De 2017 para 2018, o faturamento anual dos restaurantes parceiros cresceu 84%. Já o crescimento anual dos entregadores foi de 88%.

Tanto o sistema “grab & go” quanto o delivery estão na mira das franquias de alimentação e é possível encontrar opções de redes que trabalham com ambos os formatos.

Opções de franquias baratas de alimentação

Na hora de decidir em que franquia investir na área de alimentação, as opções são diversas, mesmo para quem busca por modelos de franquias baratas. O principal fator para se atentar nesse caso é o modelo de negócio: redes que não exigem a instalação de um restaurante completo, com grandes cozinhas e salão para receber os clientes, costumam apresentar investimento mais baixo.

Assim, vale buscar por franquias de alimentação com modelos de quiosque, por exemplo, que são mais enxutos e podem ser instalados em espaços menores, com custos reduzidos. Franquias que trabalham apenas com delivery também apresentam investimento mais baixo, visto que dispensam a montagem de uma área com mesas e cadeiras para consumo no local. Além disso, apesar de ser menos comum, também é possível encontrar modelos de franquias home based nesse segmento.

Para escolher entre as opções de franquias baratas de alimentação, não basta olhar o valor de investimento. Rafaela Natal recomenda que o potencial franqueado:

  • Avalie se a franquia oferece um modelo de negócio bem estruturado e validado já na prática;
  • Verifique se a franqueadora realmente proporciona aos franqueados suporte de uma rede;
  • Cheque se a franqueadora possui um portfólio de fornecedores e produtos homologados;
  • Verifique se a oferta integrada de produtos é atraente nos quesitos: CMV (Custo de Mercadoria Vendida), manuseio dos produtos, investimento em Capex, shelf-life e qualidade;
  • Analise cuidadosamente a Circular de Oferta de Franquia (COF) e o contrato de franquia;
  • Entreviste outros franqueados atuais da rede para auxiliar no fundamento da tomada de decisão.

Leia na íntegra no link da fonte abaixo.

Fonte: https://guiafranquiasdesucesso.com/noticias/franquias-baratas-de-alimentacao-2019/